terça-feira, 28 de abril de 2015

Uma espécie de bacalhau à Gomes de Sá


Ainda sob o mote dos aproveitamentos, aqui está um prato que até sai algumas vezes lá em casa, quando sobra bacalhau cozido, batatas cozidas e ovos cozidos. É uma equivalência ao bacalhau à Gomes de Sá, no entanto, sem cebola, pois lá em casa não são muito adeptos da cebola assim...a ver-se a "olho nu"! Começam logo a seleccionar no prato e às tantas já ninguém se entende do que é para comer e do que não é!

Ingredientes:
Bacalhau cozido 
Batatas cozidas
Ovos (depende da quantidade de pessoas e de bacalhau)
azeitonas
salsa
2 alhos picados
azeite q.b
1 folha de louro

Num tacho, colocam-se os alhos, o azeite e a folha de louro e deixa-se alourar os alhos. Junta-se o bacalhau já limpo de peles e às lascas e as batatas cozidas partidas aos quartos. Mexe-se e deixa-se ganhar cor. Juntam-se os ovos também já cozidos e partidos aos bocados. Envolvem-se.Por fim juntam-se as azeitonas e a salsa. Retira-se e serve-se com uma salada.

Bolinhas de carne



O mesmo será dizer, croquetes! Isto é o que acontece quando nos sobra carne assada e já não nos apetece comer mais...porque eu acho que carne assada aquecida....já não é bem a mesma coisa.
Então lembrei-me de pegar na tão conhecida receita de croquetes de carne, do não menos conhecido Chef Silva e adaptá-la à minha carne.

Assim sendo:

Ingredientes:
300gr de carne assada picada
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1 folha de louro
azeite q.b
60gr de farinha
2 ovos
1,5dl de leite
sal
pão ralado
óleo para fritar

Num tacho coloca-se o azeite, a cebola picada, o alho e a folha de louro e deixa-se ganhar cor. Junte a farinha e mexa bem até estar tudo bem ligado, sempre em lume brando. Junte o leite bem quente, em fio, mexendo sempre até o preparado se descolar do tacho.
Junte a carne picada e rectifique de sal se for necessário Envolva durante uns minutos e retire do lume.
Retire do lume e junte o ovo batido, mexendo sempre. Volta novamente ao lume brando e mexa até se formar uma bola. Retire para um recipiente e deixe arrefecer até ao ponto de conseguir mexer para moldar as bolinhas ou os croquetes.
Molde as bolinhas todas e em seguida passe-as por ovo e pão ralado. Frite-as em óleo bem quente.

Nota: Com esta quantidade de carne ainda se faz um grande número de croquetes, por isso, eu fiz para o jantar e ainda congelei para mais duas vezes. 

terça-feira, 21 de abril de 2015

Tarte de coco



Mais uma rápida, adaptada de uma revista Tele culinária muito antiga, receita já vinda da minha bisavó, ela sim, fervorosa adepta das tele culinárias.Fica a sugestão para o fim de semana já quase à porta....



Esta tarte é tão boa e tão rápida que nem nos podemos distrair....



Ingredientes:
1 base de massa folhada refrigerada
1,50dl de água
200gr de açúcar branco
150gr de coco ralado
3 ovos inteiros
2 gemas

Começa-se por fazer o ponto pérola (deixar ferver o açúcar com a água durante 6 minutos) e deixa-se arrefecer. Coloca-se a base numa tarteira de fundo amovível e reserva-se. Numa taça mistura-se o coco com os ovos e as gemas batidas e envolve-se tudo com um garfo ou uma colher de pau. junta-se o ponto pérola já arrefecido e envolve-se novamente com uma colher. Coloca-se por cima da massa folhada e vai ao forno pré aquecido cerca de 5 a 7 minutos (não deve ficar muito cozida, para ficar húmida por dentro).
Polvilha-se com açúcar em pó.

Cheesecake de iogurte


Em primeiro lugar tenho que pedir desculpa pela minha ausência, mas a semana passada não foi fácil. Estive doente, "de molho" em casa, sem vontade de fazer nada, o corpo pedia descanso....e foi o que eu lhe dei.



Mas esta semana, já regressada ao trabalho deixo-vos um sugestão simples, muito saborosa. Tinha uns quantos iogurtes a terminar o prazo no frigorífico e pensei em usá-los em alguma coisa que não fosse o tradicional bolo de iogurte, até porque o bolo de iogurte leva no máximo 2 iogurtes e eu tinha 5 para "desencalhar"!!


E assim saiu esta fantástica sobremesa!

Ingredientes:

Para a base:
1 pacote de bolacha Maria
80 a 100gr de manteiga derretida

Recheio:
2 iogurtes gregos naturais açucarados
3 iogurtes com polpa de morango
5 folhas de gelatina

Começa-se por fazer a base. Pica-se a bolacha até ficar tipo "areia". Com uma colher de pau, mistura-se com a manteiga derretida e forra-se uma tarteira com o aro amovível. Leva-se ao frigorífico enquanto fazemos o recheio.
Numa taça, colocam-se os iogurtes e envolvem-se com uma colher de pau. Em seguida, demolham-se as folhas de gelatina em água fria e depois de bem escorridas juntam-se a uma colher de sopa de água a ferver e mexe-se bem. Junta-se aos iogurtes e bate-se bem com a batedeira.
Coloca-se por cima da bolacha e leva-se ao frigorífico durante uma horas.
Desenforma-se e polvilha-se com chocolate ralado.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Bundt de iogurte grego e chocolate



Um bolo que andava esquecido. Foi feito durante as férias da Páscoa, num dia de "deixa-me cá fazer qualquer coisa doce e rápida para o lanche". E saiu um bolinho estilo mármore mas mais achocolatado....ou seja, com pouca massa "branca".Na altura de dividir a massa, não ficou propriamente meio por maio.... Mas ficou delicioso!



Ingredientes:
2 iogurtes gregos naturais magros
4 ovos
3 copos de iogurte de farinha
2 copos de iogurte de açúcar
1 copo de iogurte de óleo
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 copo de iogurte de chocolate em pó (usei Pantagruel)


Ligar o forno a 180º.
Numa taça misturar tudo excepto o chocolate e bater bem até estar tudo ligado. Retirar metade da mistura para outra taça e envolver o chocolate.
Colocar numa forma untada e polvilhada com farinha e levar ao forno cerca de 30 minutos. Polvilhar com açúcar em pó.

sábado, 4 de abril de 2015

Feliz Páscoa



Com a Páscoa à parta, nada melhor do que um belo folar para colocar na mesa de domingo. Aqui fica a receita que sigo há alguns anos, retirada do livro da Joana Roque, com algumas alterações que me pareceram mais adequadas.



Folares
Adaptado do livro "Feito em Casa", pág.141

Ingredientes:

800gr dde farinha
350gr de açúcar
100gr de margarinha
25gr de fermento de padeiro
3 ovos
2 dl de leite morno
raspa de 1 limão
1 colher de sobremesa de canela
sal q.b



Começa-se por dissolver o fermento num pouco de leite morno e farinha, até fazer uma bola húmida. Colocar a levedar num local ameno cerca de 20 a 30 minutos.
Amasse a farinha com o açúcar, os ovos e o leite. De seguida junte a bola de fermento e partir daqui comece a bater com a batedeira e as respectivas pás para as massas.
Acrescente a manteiga, o sal, a canela e a raspa de limão. Deixe levedar numa tigela tapada com um cobertor, cerca de 3h.
Pré aqueça o forno, forme 3 bolas de tamanho semelhante e pincele com gema de ovo batido. Leve ao forno até estarem dourados ou fazendo o teste do palito.



BOA PÁSCOA!