domingo, 30 de outubro de 2011

Quiche de fiambre, queijo e cogumelos

Ao fim de semana, como já tenho dito, os jantares são sempre mais leves, ou porque as horas do lanche são mais tardias ou porque saimos e voltámos já tarde e o jantar tem que ser confecionado de uma forma mais rápida, ou porque mesmo estando por casa havia outras coisas a fazer e nos distraímos com a hora de jantar ou ainda como acontecer desta vez, fomos ver o Tintin ao cinema com uns amigos e a sessão acabou às 20:00h!


Em casa há sempre sopa então nada mais rápido do que uma quiche e uma pizza de massa rápida, para acompanhar a sopa.




Ingredientes:


Uma base de massa quebrada


Fiambre


Queijo


1 Lata de cogumelos laminados


1 lata de milho


3 ovos


1 chávena de leite (240ml)




Estende-se a massa quebrada numa tarteira de fundo amovivel. Corta-se o fiambre e o queijo às tirinhas. Escorrem-se as latas do milho e dos cogumelos laminados. Espalham-se estes ingredientes em cima da massa quebrada. Batem-se os ovos com o leite até com um garfo e verte-se por cima da tarte. Vai ao forno cerca de 15 minutos a 180º.


Bolinhos secos

É a segunda vez que faço estes bolinhos, sendo que da primeira vez fiz tal e qual como a receita original. Esta é a massa dos biscoitos Esses.


Usei a mesma massa mas fiz em bolinhas, porque tinha lá um ajudante que queria bolachinhas redondas e como estes biscoitos têm uma massa tão macia resolvi voltar a fazê-los. São rápidos, sujam pouca loiça e não precisamos de batedeira. Portanto é só vantagens!




Ingredientes:


100g de açucar


1 ovo


250g de farinha


125g de manteiga derretida


1 colher de chá de fermento em pó




Bate-se o açucar com o ovo e a manteiga derretida. Junta-se a farinha e o fermento e envolve-se até a massa se desprender da taça. Depois fazem bolinhas ou colocam num saco de pasteleiro com um bico não muito largo.


Vai ao forno cerca de 8 a 10 minutos a 180º.


Tarte de arroz

Mais uma receita de aproveitamento. Desta vez com arroz de cenoura e ervilhas (solto) e atum.




Ingredientes:


Arroz já cozinhado


Uma lata de atum das médias


2 ovos batidos


cebola q.b.


alhoq.b.


louro (uma folha)


azeite q.b.


Polpa de tomate (uma colher de sopa)




Num tacho coloca-se o azeite, o alho picado, a cebola picada, a folha de louro e a polpa de tomate. Deixa-se cozinhar um pouco. Entretanto escorre-se a lata do atum e mistura-se ao tacho que está ao lume com o refogado. Deixa-se cozinhar um pouco o atum, cerca de 5 a 7 minutos, mexendo de vez em quando e retificando de sal.


Junta-se o arroz e envolve-se ao atum até ficar bem misturado. Juntam-se os ovos batidos e mistura-se novamente até ficar bem envolvido. Desliga-se o lume e verte-se para um pirex que possa ir ao forno.


Vai ao forno cerce de 10 minutos a 180º. Fica otimo para acompanhar com uma sopa e uma salada verde ou legumes cozidos.





quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Mini Tarteletes de Frango

Os jantares de domingo, normalmente são sempre refeições mais leves, salvo raras exceções que têm a ver com horários de trabalho do A. Este domingo não fugiu à regra. Estivemos por casa e portanto há que aproveitar o que temos no frigorifico, nunca descurando de uma boa sopa. Nestas tarteletes aproveitei frango cozido que me tinha sobrado e que estava no frigorifico mesmo à espera de ser - como diz uma amiga minha - reciclado.


Ingredientes:

1 base de massa quebrada

Frango (neste caso cozido)

chouriço caseiro (picado)

Alho francês (às rodelas)

azeiteq.b.

cebola picada q.b.

Cogumelos lâminados

molho béchamel (caseiro, mas pode ser de compra- depende da urgência!!)


Cortar a massa quebrada em círculos de modo a forrar as formas de tarteletes. Entretanto, fazer um refogado com o alho francês, a cebola, um fio de azeite e os cogumelos. deixar estar um pouco e juntar o frango desfiado e o chouriço picado. Deixar cozinhar mais um pouco para que as carnes absorvam o sabor dos legumes e untar o molho bechamel. Retificar de sal, se necessário. Envolver bem e deixar estar mais 2 minutos. Desligar e rechear as formas. Polvilhar com pão ralado, mas até podem nem pôr ou se quiserem, para quem preferir queijo ralado. Vai ao forno cerca de 20 a 25 minutos.

Enrolado de maçã

Esta "espécie" de torta que não é torta e que nem sei bem como lhe hei-de chamar foi para a proveitar metade de uma base de massa quebrada que me sobrou de "outras aventuras" culinárias. E como não se deita nada fora porque a Troika não deixa e nós também não gostamos, tive que arranjar uma solução. Lembrei-me de ter visto uma boa ideia (como sempre) aqui.
Embora a ideia original fosse uma tarte aberta e com massa folhada resolvi adaptar e fazer assim e ficou ótima.

Ingredientes:
1 Base de massa quebrada
3 maçãs (eu usei das vermelhas)
uma colher de sopa de manteiga derretida
5 pacotes de açucar dos pequenos (sensivelmente 50g de açucar)
1 colher de café mal cheia de canela em pó



Lavar bem as maçãs e cortá-las aos gomos/fatias fininhos mas mantendo a casca. Numa taça à parte, misturar a manteiga derretida com o açucar e a canela. Envolver os gomos/fatias da maçã nessa "papa".


Abrir a massa quebrada e dispôr as fatias de maçã por cima da massa. Fechar como se fosse um guardanapo e levar ao forno. Fica agradável para se tomar com um café ou com um chá. Ideal para quem gosta de canela e maçã. E para quem não gosta de coisas muito doces!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Rabanadas

Agora sim...já cheira a Inverno. E no Inverno sabe bem um lanchinho quente, com um chazinho de frutos vermelhos bem quentinho e uma deliciosa rabanada já a fazer lembrar os doces de Natal, tão apreciados por todos lá em casa.

Ingredientes:
1 pão de cacete (não muito estreito)
Leite q.b.
2 ovos batidos
canela em pó q.b.
açucar amarelo q.b.



Cortar o pão às fatias e molhá-lho no leite (rápidamente, ou seja, passá-lo no leite e não deixar ficar), depois passá-lo no ovo e colocá-lo na frigideira a fritar , quando o óleo estiver bem quente. Deixar fritar de um lado e virar para fritar do outro. Retirá-las para uma travessa forrada com papel absorvente e passá-las em seguida numa mistura de açucar amarelo com canela.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Retribuir um convite





Um destes fins de semana resolvemos retribuir um convite de um casal amigo e convidá-los também para lanchar/ jantar (já ouviram falar dos lanches ajantarados, com certeza). O registo fotográfico foi pequeno porque estivemos à conversa e não me ocorreu sequer fotografar quase nada, Mas fica aqui um pouco.

Resta-me dizer que os convidados nos ofereceram 2 livros ( um deles autografado pelo autor), sendo que "Ao sabor da Bíblia" tinha sido tema de conversa no anterior jantar em casa dos convidados.

A conversa foi a protagonista da noite, muito em volta de restaurantes, viagens e pratos estranhos....


Melão enrolado com presunto (este não tem segredos) - cortar pequenos pedaços de melão e enrolá-lo em fatias de presunto


Canapés de queijo fresco com nozes e mel

Individualmente colocar, em bolachas de água e sal fininhas, uma rodela de queijo fresco, metade de uma noz e regar com um fiozinho de mel caseiro.


O jantar foi à base de grelhados e para sobremesa tivemos a Charlotte, à qual ainda estou em dívida para com a convidada que me pediu a receita e ainda não lha dei...por falta de oportunidade, claro, e para as crianças a mousse de chocolate.

Para beber, fomos de encontro às preferencias dos convidados e o A. preparou 2 sangrias diferentes. Uma de Porto rosé e outra de Mateus rosé. Ambas estavam deliciosas. É um verdadeiro especialista em sangrias!







quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Pão rápido

Um destes dias experimentei fazer este pão e não saiu mal. Fica um pão diferente, mais denso. Bom para fazer torradas no fim de frio, mas enquanto quente é ótimo com manteiga. Como todos eles!!!



Sconnes

Não demoram nada a fazer e são otimos para um lanche ou um pequeno almoço, como aconteceu com estes, que foram barrados com compota caseira de abobora com nozes.

Esta receita vi no site da mimosa e pareceu-me tão fácil e rápida que decide fazê-la para um pequeno almoço de fim de semana. Não me enganei. São para repetir.


Ingredientes:

225g farinha

40g de açucar

1 ovo batido

1 colher de sopa de manteiga derretida

6 colheres de sopa de leite

1 colher de chá de fermento

1 pitada de sal


Peneire a farinha com o fermento e o sal. Junte-lhe a manteiga ja derretida e os restantes ingredientes e misture com os dedos sem amassar.

Faça bolinhas e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno já pré aquecido cerca de 8 minutos. Retire do forno e deixe arrefecer. Sirva com compotas.



quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Bolo de noz

O prometido é devido. Este foi o bolo de aniversário da M. do ano passado. Foi a minha primeira experiencia com pasta americana.

Ingredientes:
350g de açucar
150g de miolo de nozes
9 ovos
5 colheres de sopa de pão raldo bem cheias
1 colher de cha de fermento


Batem-se as claras em castelo e no fim de bem batidas juntam-se as gemas 1 a 1 devagar e ja batidas. Junta-se o açucar, mais o pão ralado, o fermento e o miolo de noz. Verte-se para uma forma forrada com papel vegetal e vai ao forno cerca de 30 minutos.

No fim de desenformar, corta.se ao meio e recheia-se com doce de ovos e neste caso coloquei a pasta americana por cima e de lado fios d'ovos para decorar.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Bolo de coco da Mafalda Pinto Leite



Fiz este bolito na véspera do feriado porque já estou como diz a Joana Roque , em vésperas de feriado e fins de semana tem que haver um bolinho. Agarrei no livro da Mafalda Pinto Leite e desfolhei algumas folhas que tenho lá préviamente marcadas com post-its amarelos e numa delas estava este bolo, que na sua versão original levava uma calda de lima que eu resolvi não colocar. Ficou um bolo muito bom, húmido e para quem gosta de coco é o ideal, já que é muito rápido de se fazer.


Ingredientes:

125g de manteiga cortada aos pedaços

3 ovos batidos

3/4 de chávena de leite

1 1/2 chávena de farinha com fermento peneirada

1 1/4 chavena de açucar

1 1/4 chavena de coco ralado

Derrete-se a manteiga no micro-ondas e coloca-se numa tigela onde se mistura com os ovos e o leite.

À parte, noutra tigela, mistura-se a farinha, o açucar e o coco ralado e junta-se ao preparado anterior. Verte-se para uma forma untada e vai ao forno a 180º.



quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Queijadas de iogurte

Tenho que me socorrer de novo desta foto porque não tenho mais nenhuma das queijadas de iogurte! Sabem como são estes dias...queremos fazer tudo...alguma coisa tem que escapar!

As queijadas estão no prato redondo ao lado dos muffins de fiambre. Tinha-as visto neste blog e fiquei com elas de baixo de olho para um dia experimentar. Lembrei-me de as fazer para a festa porque eram simples e é daquele género de bolinhos que os miudos tambem comem bem. E não me enganei; são optimas.


Ingredientes:

180g de açucar

2 ovos

100g de farinha

50g de manteiga derretida

4 copos de iogurtes naturais não açucarados


Bater o açucar com ovos. Adicionar a farinha com a manteiga derretida. Por fim juntar os iogurtes e bater bem. Vai ao forno em forminhas untadas ou de silicone durante cerca de 30 minutos.



Bolinhos de coco

Nada mais simples! De fazer e de comer!

Ingredientes:
150g de açucar
250g de coco ralado
1 colher de sopa de manteiga derretida
3 ovos batidos

Envolver tudo, moldar as bolinhas e levar ao forno cerca de 8 minutos a 180º.

Muffins de Fiambre





Os muffins de fiambre são os que estão na primeira foto no tripé de metal. Resolvi fazê-los assim porque se tornavam mais fáceis de comer e menos demorado do que se eu fizesse em forma de bolo.


Ingredientes:

3 chénas de farinha

1/2 chávena de manteiga derretida

2 chávenas de leite

1 colher de chá de fermento

4 ovos

2 embalagens de cubos de fiambre


Misturar tudo e bater bem até estar tudo bem envolvido. Levar ao forno em formas untadas ou de silicone, durante cerca de 20 minutos a 180º.





Salgados Diversos







Aqui ficam alguns dos salgados que figuraram nas mesas. São coisas simples e rápidas porque a festa era para crianças e o menu tem de ir de encontro às preferências das crianças. Não vale a pena nós fazermos grandes cozinhados, muito elaborados se depois as crianças não comem, não porque não gostem, mas porque leva muito tempo a partir ou a comer...e não se podem desperdiçar assim 5 minutos de brincadeira!!

Na mesa havia então mini croissants com fiambre e queijo; cortei também circulos de pão de forma e coloquei por cima queijo e presunto; 2 Pizzas , também elas simples, uma com fiambre e queijo ralado; outra com queijo e salsichas (comprei a massa de pizza, o que facilitou bastante o trabalho, já que as crianças não estão ali para avaliarem os nossos dotes culinários!) e , claro, os folhadinhos de salsichas, que tanto quanto me parece estão em todas!

Para estes, o mais fácil é usar quadrados de massa folhada, (eu usei Bimbo- passo a publicidade) colocar a salsicha de cocktail e enrolar na diagonal. Depois é só pincelar com gema de ovo antes de ir ao forno.

Havia também batatas fritas (o pai fez questão!) e pipocas.





Bolo de aniversário



Este foi o bolo que eu fiz para a festa. A massa do bolo é esta, já que tinha corrido bem na véspera, na escola, resolvi duplicar a receita e fazê-la para a festa de sábado. Por cima, a famosa pasta americana, que no fundo se trabalha como a plasticina, mas tendo sempre em atenção que não deve estar em ambientes muito quentes ou muitos frios.
No canto superior da primeira foto está a salada de fruta que também consistiu do menu mas que não foi da minha autoria. No entanto estava optima como sempre e também conquistou as crianças.


terça-feira, 4 de outubro de 2011

Bolinhas de salame e Tapas do Mar







O paté é aquela tacinha no canto direito que se vê na primeira foto. Não tenho outra fotografia daí ter que me servir desta. A receita já está aqui, sem foto, e desta vez quase que ficava sem fotografia....


Em relação às bolinhas de salame, inspirei-me nestas mas mudei a receita para a minha de salame. A decoração é pasta ameriana.




Ingredientes:


125g de chocolate em pó


2 gemas batidas


1 embalagem de bolacha maria


50g de açucar em pó


1 colher de sopa bem cheia de manteiga




Partem-se as bolachas grosseiramente. Junta-se o chocolate em pó, as gemas batidas, o açucar em pó e a manteiga derretida. Mistura-se tudo para que fique uma massa compacta e moldável. Moldam-se as bolinhas e vão ao frigorifico. A pasta americana só se coloca quando as bolas de salame se retiram do frigorifico para servir, porque esta pasta não deve ir ao frigorifico.









segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A Festa com os amigos e a familia





















Esta foi a sala do buffet da festa de sábado. As crianças divertiram-se e dividiram-se por outros dois espaços criados para a brincadeira. A festa foi neste sítio e revelou-se ser um espaço muito agradável já que brincavam de um lado e a sala do buffet era do lado oposto o que deu algum sossego aos adultos que ficaram na festa, pelo menos em termos de barulho e balburdia. A festa teve alguns momentos diferentes como um teatro de fantoches, um trampolim que fez as delicias de todas as crianças e teve o seu momento alto a quando da pinhata. A pinhata era um boneco com o tema da festa, feito por uma colaboradora mexicana que é especialista em pinhatas, uma vez que no méxico não há festa de aniversário sem pinhata. O registo fotografico da pinhata não ficou nas melhores condições, daí eu não o colocar. A pinhata além de estar uma verdadeira obra de arte estava também recheada de doces, claro. Depois das crianças andarem a tentar abrir a pinhata, quando finalmente cairam os doces, foi uma festa! Cada um com o seu saquinho a ver quem apanhava mais doces!!!

Tal como no ano passado, também fiz o bolo da M. com pasta americana. Ainda tenho o registo fotográfico do bolo do ano passado que hei-de colocar aqui depois de descrever a festa deste ano. Comprei-a aqui e tentei modestamente fazer um spongebob. Os convidados foram simpáticos e disseram que estava muito bonito. Mas eu lá me ia desculpando e justificando-me que por estas e por outras é que eu não tinha ido para artes. Bom mas a minha menina adorou e é só isso que me interessa.

Vou tentar aos poucos colocar aqui as receitas das iguarias que levei para a festa.




















O bolo da festa lá de casa







O bolo lá para casa foi muito simples e foi feito nos "intervalos" da preparação da festa para o dia seguinte. A M. também estava cansada, tinha sido um dia longo e muito preenchido- as sextas-feiras são assim- com a escola, o treino e a emoção de ser o dia de aniversário. Como era só para a familia mais chegada, não fiz um bolo muito grande. A tia C. ainda trouxe de Lisboa, uma surpresa aos meninos: 2 Muffins dos Smurfs: a febre deste verão!


Ingredientes:

200g de açucar

300g de farinha

200g de manteiga

4 ovos

6 colheres de sopa de leite


Batem-se os ovos com a manteiga e o açucar. Junta-se a farinha com o leite e bate-se novamente. Depois divide-se a massa em 3 porções mais ou menos iguais (eu dividi em três porque tinha 3 cores de corantes alimentares). Depois em cada porção de massa junta-se 1 colher de café de corante alimentar de 1 só cor. Vertem-se as massas (1 de cada vez) para uma forma forrada com papel vegetal, e mexe-se a massa com uma colher para misturar ligeiramente as cores. Vai ao forno a 180 g cerca de 30 minutos.

A cobertura foi a mesma do bolo que levei à tarde para a escola.

O efeito deste bolo é muito engraçado e o bolo em si é muito saboroso.






domingo, 2 de outubro de 2011

A minha Princesa fez 9 anos

Os aniversários das crianças - não sei se acontece o mesmo com os outros - mas eu acho que são um bocadinho como as pilhas duracell: duram...duram...duram. Ou seja, é um bolo para a escola, outro para casa, outro para a festa com os amigos, enfim... muita vez se cantam os parabéns à criança . Mas ainda bem que assim é. É bom sinal. A M. adorou o bolo. Tinha-me pedido um bolo de chocolate. Eu fiz-lhe a vontade: afinal ela era a raínha da festa!


Este foi o bolo para a escola. Tinha-o nas minhas recitas de bolos a experimentar e fica delicioso. Perguntem às crianças!




Bolo




Ingredientes:


4 ovos


180g de açucar


200g de farinha


200g de chocolate em pó (o cacau não tem o mesmo efeito)


150g de chocolate para barrar no pão (tipo nutella)


200ml de leite


150g de margarina


1 colher de chá de fermento em pó




Juntar todos os ingredientes secos e misturá-los. Depois com a batedeira ir juntando um a um dos restantes ingredientes ( a ordem é irrelevante). Bater bem até ficar homogéneo.


Colocar numa forma forrada com papel vegetal e levar ao forno a 180º cerca de 50 minutos. A meio da cozedura coloquei uma folha de aluminio por cima.




Cobertura


1 tablete de chocolate de culinária


1 colher de sopa de manteiga


3 colheres de sopa de leite


1 colher de sopa de açucar


Derrete-se no micro-ondas o chocolate com o leite e a manteiga.


Em seguida coloca-se num tachinho e vai ao lume juntando a colher de açucar. Mexe-se até ficar um creme homogeneo. Por fim espalha-se por cima do bolo. Depois é só decorar como quisermos.


Wraps de camarão com manga

Um destes dias resolvi experimentar uma receita que vi no livro da Mafalda Pinto Leite. Ela fazia este recheio para colocar numa sanduiche ou num wrap para levar para a praia ou para um almoço no trabalho. Foi o que eu fiz. Ela tinha razão: o camarão combina muito bem com a manga.
Ingredientes:
Uma embalagem de wraps (a minha trazia 6)
Miolo de camarão cozido
1 manga bem madura
molho de iogurte ou maionese (eu usei de iogurte: iogurte natural, alho picado e salsa)
Misturar o miolo de camarão com a manga partida em pedaços pequenos e envolver tudo com o molho de iogurte. Colocar um wrap em cima de um prato, depois umas colheradas da mistura e fechar.