quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Arroz Doce



Não deve haver sobremesa mais tradicional portuguesa do que esta. Em qualquer festa, em qualquer almoço de família, lanche ou almoço domingueiro! 
Pois bem, um destes domingos foi o que aconteceu. Saiu um belo arroz doce para a sobremesa. 


Arroz Doce
Receita Bimby

Ingredientes:
1 litro de leite gordo do dia (usei Vigor)
160 g de arroz carolino
1 pitada de sal
1 pau de canela
casca de um limão (só a parte amarela)
160 g de açúcar


Coloque no copo o arroz, o leite, o pau de canela, a pitada de sal e a casca do limão e programe 15 minutos/ 90º / velocidade colher inversa. Retire a tampa e envolva com a espátula.
De seguida programe 25 minutos / 90º / velocidade colher inversa.
Adicione o açúcar e programe 10 minutos / 90º / Colher inversa / velocidade 1 e meio.
Retire para uma travessa ou para pequenos pratos e quando arrefecer polvilhe com canela.




segunda-feira, 26 de setembro de 2016

A importância dos lanches escolares



Muito se fala (umas vezes bem outras vezes mal) sobre os lanches e o que colocar nas lancheiras dos mais novos. 
E perguntam vocês o porquê deste post agora...Pois bem, tenho visto e ouvido de tudo. 
O meu filho mais novo, entrou agora para o 2º ciclo. Até aqui, e durante toda o seu percurso no 1º ciclo, levava o lanche na sua lancheira. 
Agora não é diferente, continua a levá-lo, porque a meu ver, não há razão para ser diferente. A única diferença é que, não leva uma lancheira de mão mas leva uma caixinha ou duas, dentro da mochila, onde o lanche cabe e vai devidamente acondicionado. A irmã, que está a acabar o 3º ciclo, ainda hoje leva o lanche acondicionado da mesma forma.
Os colegas, grande parte vieram com ele do 1º ciclo...descobriram o Bar da escola! Um mundo desconhecido...e cheio de coisa novas, pronto a ser explorado....houve um ou outro, que na primeira semana, raro foi o intervalo que lá não foi!!!
Muito se diz sobre os bares nas escolas, que têm menos doces, menos produtos processados, enfim...que se quer reduzir os açúcares...não vejo nada disso...continuo a ver bolos, chocolates, bolachas e, eu sei que não é só ali naquele bar...por todas as escolas há estes bares com estas coisas. Tenho colegas com filhos em escolas diferentes e o que elas me dizem que se lá vende, é precisamente estas coisas. Claro, também há pão. Pão com fiambre, pão com queijo...mas isso fica para quando já não houver mais nada para comer e a fome apertar. 
A minha filha diz muitas vezes que ir ao bar é impensável...cheio de gente...gente essa que são colegas...miúdos e miúdas dos 10 aos 15 anos...que não trouxeram lanche e que portanto recorrem ali. Todos temos as nossas vidas, umas mais ocupadas do que outras, com mais horários e ou menos horários, mas passa tudo por muita organização...e sim, de abdicar de algum tempo livre nosso (que também temos direito a ele, como é óbvio), para preparar os lanches e os jantares a semana. 
Isto que não sirva de critica a ninguém...não estou a julgar ninguém, mas é a nossa saúde e a dos nossos filhos que está em causa. Trata-se de lhes ensinar o que se deve ou não comer. Claro que quando tiverem idade para fazer as próprias escolhas, pois fica ao critério deles. Em questão de hábitos alimentares...tudo se paga um dia mais tarde. Cabe-nos a nós ensiná-los a comer bem e o melhor exemplo é o nosso. Sem fundamentalismos nem filosofias proibitivas, porque eu também não concordo. Temos que dar espaço à bolacha, ao chocolatito, enfim....mas com conta, peso e medida.

Ficam umas sugestões que costumam ir nas lancheiras diariamente lá por casa.

Segunda feira: 1 iogurte líquido+ meio pão de mistura com manteiga, fiambre ou queijo + uvas 

Terça feira: 1 néctar de fruta + meio pão branco com manteiga, fiambre ou queijo + 2 bolachas

Quarta feira: 1 iogurte líquido (de compra) + 1 pão de leite/croissant pequeno + 1 maçã

Quinta feira: 1 néctar de fruta + 1 pão de mistura com um ovo mexido (manhã)
                      1 barrita de cereais + 1 banana da Madeira (tarde)

Sexta feira : 1 iogurte líquido + meio pão branco com manteiga, fiambre ou queijo + 1 muffim/queque 


Importante: 
  • Deve haver sempre uma garrafa com água, ainda que das pequeninas.A água é muito importante.
  • O que eu ponho dentro do pão, vai de encontro ao que um ou outro preferem. Devemos ter cuidado, de ir de encontro aos gostos das crianças, sempre que possível. É claro, que eles também gostam de outras opções além do fiambre, queijo ou manteiga, mas essas opções deixo-as para os lanches da tarde ou do fim de semana.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Scones com compota de frutos vermelhos


Os scones são presença obrigatória nos pequenos almoços de fim de semana. Esta receita é infalível e apesar de já ter experimentado outras variantes de scones...estes acabam sempre por sair vencedores. 


Quanto à compota de frutos vermelhos, socorri-me de uma embalagem destes frutos congelados e nada melhor do que uma compota caseira, acabada de fazer, sem corantes nem conservantes. Aqui fica a sugestão! É num instantinho...

500gr de frutos vermelhos congelados
350g de açúcar
1 pau de canela

Colocar no copo da bimby os frutos vermelhos e o açúcar e picar 10 segundos / vel 5. Junte o pau de canela e programe 30 minutos/100º/ Vel 1.
Retirar e colocar em copos esterilizados. Esta quantidade não rende muito. A mim rendeu-me 2 frascos médios.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Um bolo de canela para o regresso


Aos poucos vamos voltando à rotina. Ainda faltam meia dúzia de dias para voltar à rotina por completo. Assim que começarem as aulas...
Por enquanto vamos saboreando estes últimos dias, ainda com calor, mas já com um anoitecer cada vez mais cedo, a fazer lembrar que o outono está à espreita e que as noites de verão e os dias grandes, estão cada vez mais longe...
Confesso que não era este o post agendado, mas como foi um bolinho que "desapareceu" num instante, resolvi estrear esta vinda de férias com o dito bolo.
Fica um bolo húmido, fofo e acho que é ideal para um lanche, um brunch daqueles de fim de semana ou até, porque não, para colocar um quadradinho na lancheira dos mais novos...

Bolo de canela
Adaptado da revista Bimby, momentos de partilha, Novembro de 2014, pág. 22

Ingredientes:
3 ovos
180gr de açúcar (na receita original 250g)
2 colheres de chá de canela em pó
250g de leite
100gr de mateiga
250g de farinha
1 colher de cá de fermento em pó

Pré aqueça o forno a 180º. Unte uma forma de 30x22 cm, com farinha e manteiga (eu coloquei papel vegetal).
Coloque no copo os ovos, o açúcar e a canela e bata 1 min/ 50º/ vel 4
Adicione o leite e a manteiga e misture 5 seg/ vel 5
Junte agora a farinha e o fermento e envolva 15 seg/ Vel 3
Deite ma forma e leve ao forno cerca de 30 minutos. Sirva cortado em quadrados e polvilhado com açúcar e canela.






quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Férias!



O blog vai de férias ...que bem merecemos! Voltamos daqui a uns dias com mais novidades.
Até lá, bom trabalho, se for caso disso, ou boas férias!

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Ameijoas à Bolhão Pato



Continuamos com as comidas simples...sem estar muito tempo ao fogão...que nos saibam bem e em "modo" de petisco...fala a minha costela espanhola...
Lá em casa, este tipo de refeições no final de tarde sabem sempre bem. Pena que teve de ser dentro de portas porque lá fora os mosquitos chamam-nos um petisco...


Aqui fica a sugestão, acompanhada por um espumante bem fresquinho, que lá em casa há sempre no frigorífico. Somos apologistas que a vida não tem dia para ser comemorada...qualquer dia é dia!

Ingredientes:
Cerca de 2kg de ameijoas
5 dentes de alho esmagados
azeite em boa quantidade
1 folha de louro
sal q.b.
 

Começar por colocar as ameijoas, ainda congeladas, em água e farinha. Deixar estar cerca de meia hora e de vez em quando, dar-lhes uma volta com as mãos para ajudar a abrir.
Leve um tacho grande ao lume com os alhos esmagados, o azeite e a folha de louro. Entretanto lave novamente as ameijoas em água corrente e escorra-as bem. Junte ao azeite e ao alho, já no tacho e ponha sal. Tape de deixe cozinhar durante uns 5 minutos. Depois deste tempo, vá envolvendo com a colher de pau e deixe cozinhar mais uns 10 a 15 minutos, mexendo de vez em quando. 
Normalmente sirvo com coentros, mas não tinha, pronto, foi assim mesmo!
Petiscámos com tostas e paté de atum....delicioso.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Bolo de coco


Um destes dias que tive de ligar o forno, saiu este bolinho simples de coco e uns palmiers, de açúcar amarelo e canela, para aproveitar uma base de massa folhada que lá andava no frigorífico, mesmo a chegar ao fim de validade, e que se comeram num abrir e fechar de olhos.


Ingredientes:

5 ovos pequenos
1 iogurte de coco
1 copo de iogurte de coco ralado
1 copo de iogurte de óleo
3 copos de iogurte de farinha
2 copos de iogurte de açúcar
1 colher de sobremesa bem cheia de fermento em pó

Colocar todos os ingredientes numa taça e bater bem durante uns 10 minutos. Levar ao orno pré aquecido cerca de 40 minutos, numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Mais simples é impossível. Ideal para levar para piqueniques ou para a praia.