quinta-feira, 31 de maio de 2012

Crepe com morangos

Mais uma sobremesa que não é propriamente novidade. Muito parecida com esta mas com outra performance. A imaginação é que conta. Aqui talvez mais light.

Ingredientes:
morangos ou outra fruta a gosto
topping de chocolate.

Colocar o crepe no microondas durante 2 minutos. Cortar a fruta aos bocadinhos e terminar com cobertura de chocolate ou outra a gosto ou até amêndoa torrada, porque não.
Depois é só deliciarem-se...de preferência numa mesa ao ar livre, se puderem...
Fica a sugestão...aproveitem!

Açorda de Bacalhau


Aqui está uma coisa pela qual eu achava que não morria de amores. As açordas trazem-me muitas lembranças de criança. A minha bisavó, como alentejana que era, fazias com muita frequência. Lembro-me de ir a subir as escadas do seu prédio e de sentir o cheirinho já no rés-do-chão. A açorda de alho e coentros era inconfundível. Mas eu não engraçava com comidas "empapadas" e que levassem pão...muito menos. Portanto eu consolava-me com o cheiro mas não comia. E ela dizia-me..."não sabes o que perdes..." e olhava para a minha irmã consolada a comê-la! Efetivamente...ela tinha razão...fiquei sem saber o que perdia. Mas quando somos crianças e jovens olhamos o mundo de outra maneira, as coisas têm outra importância, damos-lhe a importância que achamos que as coisas devem ter...apenas isso...uma importância relativizada.
Tudo isto para dizer que ontem me aventurei numa açorda. O meu marido adora açorda. E há pelo menos uma década que me pede para lhe fazer açorda! Pensam vocês: "Bolas que ela é difícil de convencer!" Tem dias...
Fiz-lhe para o jantar acompanhada de uma sopa de feijão verde. Prontifiquei-me logo a avisar que era a primeira vez e que portanto teria que dar o benefício da dúvida....
Provou...e gostou. Gostou muito. E perguntou: "Então não comes?" E eu olhei com um ar de quem queria mas não sabia se conseguia provar a tal iguaria "empapada". Mas  provei e gostei. E foi nesse momento que me apercebi do que perdi nas açordas da minha avó. Que deviam ser muito superiores à minha. 

Ingredientes:
400gr de bacalhau demolhado
Azeite q.b.
2 alhos picados+ 2 alhos esmagados
sal q.b.
Miolo de um pão de mistura (tamanho médio)(neste caso chama-se canhola)
Miolo de 2 pães pequenos de mistura
água quente
Coentros q.b.
Salsa q.b.
1 ovo grande

Começa-se por retirar a "tampa" do pão para lhe retirar o miolo e reservar, juntamente com o miolo dos 2 pãezinhos de mistura.
Entretanto leva-se ao lume o azeite com o alho e deixa-se fritar um pouco. Junta-se o bacalhau já todo desfiadinho e deixa-se cozinhar.Adiciona-se o sal.
No fim de cozinhado o bacalhau retira-se para uma taça ou um recipiente e coloca-se o miolo do pão no tacho ao lume. Mexe-se até o pão começar a ficar numa "papa". Junta-se água quente e vai-se mexendo até que a papa fique com uma consistência  nem muito compacta nem muito aguada.Juntam-se a salsa e os coentros. Depois volta-se a adicionar o bacalhau e mexe-se para ficar tudo envolvido.
Por fim junta-se o ovo batido mexendo sempre para uniformizar a açorda.
Neste caso, coloquei dentro do pão do qual retirei o miolo para a açorda. Foi também uma maneira de aproveitar o que "sobrava" do pão.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Crepe com gelado e suspiro

Aqui está uma solução para uma sobremesa rápida e que não nos deixa ficar nada mal. O crepe da imagem já é pré feito. Tenho sempre em casa para ocasiões emergentes. Compro pré congelados,  e é só colocar no microondas 2 minutos e rechear a gosto. Mas também já tenho utilizado esta receita para crepes doces e é muito boa.
Aqui, foi uma gulodice para a sobremesa do A. (muito fã destes crepes adocicados) .

Ingredientes:
1 crepe doce
1 bola de gelado a gosto (neste caso nata da carte d'or)
1 suspiro pequeno ( comprei 4 na padaria e eram para ter outro fim mas ...não chegaram lá!)
Topping de chocolate

Colocar o crepe no microondas cerca de 2 minutos. Retirar e colocar a bola de gelado, o suspiro e finalizar com o topping.

Rosca de coco


Ontem era a meu "dia de intervalo". Falo das atividades das crianças e da minha função de logistica das mesmas. Partilho conversas com alguns pais e penso que todos nós sofremos do mesmo "mal". Deixamos de chamar os nomes pelos dias para chamá-los pelas atividades! Por exemplo, às vezes quando o A. me pergunta: "que dia é hoje? É 4ª feira? Eu respondo...sim...é dia de inglês ou sim...é dia de piscina..." Até com os outros pais acontece o mesmo, em conversa; "hoje não posso...tenho piscina...amanhã também não...há catequese..." ou " Sexta feira não podemos ir por causa do basquete..."  enfim...chegamos a esta fase em que nos pautamos fora do trabalho pelo "trabalho" dos filhos. Ainda ontem o N. me dizia com algum ar de sofrimento..."a partir de amanhã vai ser igreja todos os dias!" E eu com ar conformado, abanava a cabeça que sim!
Eu não me posso queixar com pessoas mais velhas porque dizem logo..."ainda vais ter saudades destas andanças". E eu sei que elas têm razão. E que tenho todos os dias de manhã duas lindas razões para sorrir!
Mas voltando ao meu "dia de folga"...cheguei a casa com vontade de fazer pão... ou seria bolo?! Qualquer coisa que não fosse nem muito doce nem muito "pão".
A O. tinha-me emprestado o seu livro da Bimby (tem andado a ver se me converte à Bimby mas eu ainda não me rendi, apesar de lhe reconhecer algumas boas capacidades) e entre as receitas estava um pão de Deus em forma de trança que eu resolvi adaptar da bimby para o modo tradicional. (Depois é por estas e por outras que eu não me converto aos encantos da Bimby!!!)

Ingredientes:
150gr de açucar
300ml de leite
25g de fermento de padeiro fresco
2 ovos (batidos)
100 gr de manteiga derretida
650gr de manteiga
60 gr de coco ralado
sal q.b.

Para cobrir:
1 ovo grande
2 colheres de sopa de leite bem cheias
2 colheres de sopa de açucar
6 colheres de sopa de coco bem cheias

Bater o leite, a manteiga, o açucar e o coco. Partir o fermento com os dedeos e juntar à mistura. Bater bem. juntar os ovos batidos. Por fim adicional a farinha e o sal. Deixar a massa repusar cerca de meia hora num sitio quente.
Entretanto preparar a cobertura: Colocar todos os ingredientes numa taça e bater bem.

Retirar a massa da taça onde esteve a levedar e dar-lhe a forma que desejar. Colocar num tabuleiro forrado de papel vegetal e cobri-la com a mistura . Vai ao forno cerca de 25 minutos. Delicioso.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

A fornada deste fim de semana


Como sabem, já não há fim de semana sem pão quentinho feito lá em casa. Desta vez - e já tinha feito noutra ocasião - escolhi este pãozinho de aspeto artesanal e rústico. Claro que tive logo ajudante... o madrugador lá de casa, o meu pequeno M.(nem me posso queixar muito que já foi bem pior!!) Aliás, os 3 pãezinhos da cestinha foram da sua autoria. Os dois pequeninos eram para ele o o maiorzinho para a irmã, que ainda dormia descansadinha - dizia ele com o seu ar de tarefa cumprida.
A receita que serviu de base foi esta. Infalível como sempre.

Ingredientes:
400gr de farinha
1 colher de chá de bicabornato
200ml de leite
1 iogurte natural
sal q.b.

Bater tudo muito bem. Retirar da taça e amassar um pouco à mão. Formar uma bola ou pequenas bolas com a massa, pincelar com leite e levar ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Bolo de iogurte aromatizado com limão

Continua a saga dos citrinos lá por casa. Não há cozinhado que passe sem o "tempero" do limão.Foi o que aconteceu com este bolinho simples de iogurte mas que resolvi dar-lhe o toque do limão.

Ingredientes:
1 iogurte grego açucarado
4 ovos grandes
2 medidas do copo de iogurte em açúcar amarelo
3 medidas do copo de iogurte em farinha
1 medida do copo de iogurte em óleo
1 colher de sobremesa de fermento em pó
raspa e sumo de de 1 limão

Batem-se os ingredientes todos e coloca-se a massa numa forma. Vai ao forno pré aquecido cerca de 30 minutos.

Nota: Como o bolo não levava claras em castelo comecei por cozê-lo no microondas. No entanto como a forma era de silicone tive alguma dificuldade em mantê-lo uniformemente direito. Portanto depois de cerca de 3 minutos de microondas passei-o para o forno. E tudo acabou bem...

domingo, 27 de maio de 2012

Morangão



Esta bebida é um ensaio para o verão, que não tarda está aí. O mês de junho marca o inicio do verão. Já estão agendadas algumas  "inaugurações"  em casa de amigos e a da nossa churrasqueira fica para meados do mês. Esta bebida vai certamente fazer parte.


Ingredientes: (por copo)
5 morangos grandes
Sumo de 1 limão pequeno
gelo picado q.b.
75 ml de Licor Beirão

Num liquidificador colocar os morangos lavados e arranjados e o sumo de limão. Misture bem. Encha metade do copo, junte gelo picado e o Licor Beirão. Misture bem e decore com 1 morango.

Curd de Limão

Andava mais uma vez com a minha cozinha cheia destes citrinos. Por um lado é bom porque me perfumam a cozinha com este aroma frutado, por outro porque também utilizo, muito nomeadamente em grelhados...mas mesmo assim eram muitos e na sua maioria enormes. Eram selvagens ou como se diz agora...biológicos. Acho que mais biológicos do que estes deve ser dificil.
Já tinha pensado que da próxima vez que me invadissem a cozinha, faria curd de limão. Já me têm passado tantas receitas "apetitosas" deste creme, pela vista, que resolvi tentar a sorte. Acho que não me saí mal. Deu para dois frascos...que já estão devidamente fechados no frigorifico.

Ingredientes:
200ml de sumo de limão
Raspa de 1 limão grande
180gr de açucar
3 ovos
80gr de manteiga derretida
1 colher de sobremesa de farinha maisena

Numa taça bater as gemas com o açucar. Juntar o sumo e a raspa de limão. Bater novamente. Por fim juntar a maisena e a manteiga derretida. No fim disto tudo bem batido levar ao lume brando num tacho e mexer sempre, para não criar grumos por causa da maisena. Quando engrossar e formar um creme uniforme, desligar.
Colocar em frascos esterelizados, fechá-los e virá-los para baixo para criar vácuo (como se faz com as compotas). Levar ao frigorifico assim que arrefecer.
Podem usar como recheio de bolos, cobertura de bolos, recheio de scones,etc

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Um bolo para a Cris


O blog da Cris vai fazer um aninho e ela convidou-nos para participar na sua "festa virtual". Como tal incumbiu-nos de levar qualquer coisa para colocar em cima da sua mesa "virtual" . Lembrei-me de levar um bolo fresco para aproveitar a época de morangos que não tarda está a acabar.

Bolo fresco de Morangos

A receita está aqui. Espero que gostem.


Desafio


Desta vez não são os cozinhados que me trazem aqui mas sim um desafio. Então aqui vai.

1. Dizer onde começou o desafio: Pois não sei muito bem...já apanhei o comboio a meio da viagem...mas quem me desafiou foi o blog devaneios de chocolate (que muito me agrada o nome, como sabem!)

2. Dizer se gostam de fotografia: quem não gosta. Acho que as fotografias transmitem aquilo que às vezes não conseguimos pôr em palavras. Ando sempre com a câmara fotográfica na carteira.

3. Se gosta dizer porquê: Está implícito na questão de cima: uma imagem vale mais do que 100 palavras. As fotografias tornam-nos, a nós e aos sítios por onde passamos, imortais aos olhos aos olhos de quem fica.

4. Fotografia que nos tenha marcado: bom...se calhar não serão estas as fotos de topo da minha eleição, mas aí já entraríamos num campo demasiado pessoal,  mas são fotos de sítios que gostei bastante de visitar e onde eu fui muito feliz. Conheci pessoas diferentes, hábitos diferentes, comidas diferentes, etc. Já visitei outros países, mas talvez por ser do mesmo continente as diferenças não sejam tão notórias.
Estas fotos são de um hotel na Republica Dominicana, o Bahia Principe  San Juan. Penso que as imagens dizem tudo. 




5. Passar o desafio a mais 10 pessoas: (atenção que não é obrigação de ninguém desta lista participar, no entanto é regra do jogo colocar aqui 10 blogues. Só participa quem quer.)

1.  docurasespeciarias.blogspot.pt
2. cozinhapersonalizada.blogspot.pt
3. 4princesasnaminhacozinha.blogspot.pt
4. oblonhodesabado.blogspot.pt
5. noconfortodaminhacozinha.blogspot.pt
6. pratosdabela.blogspot.pt
7. tentacoesobreamesa.blogspot.pt
8. 7gramas-de-ternura.blogspot.pt
9. felismina.blogspot.pt
10. salpicosdoces.blogspot.pt

domingo, 20 de maio de 2012

Caipirão

A M. falou-nos nesta bebida. Disse-nos que tinha experimentado no dia anterior e tinha gostado. Como tinhamos umas limas lá em casa resolvemos experimentar, para aproveitar um fim de tarde chuvoso mas com o calor dos amigos. Todos gostámos. Doce, fresco mas sente-se o acre da lima.

Ingredientes:(cada copo)
1/2 lima
10gr de açucar branco
Licor Beirão q.b.
gelo picado q.b.

Lavar as limas. Cortar os topos e abri-la ao meio. Retirar a parte branca do meio e cortar o restante às meias luas. Colocar num copo juntamente com o açúcar, esmagá-las ligeiramente de modo a largar o suco. Juntar o licor beirão. Finalizar com o gelo. Beber fresco.


A padeira voltou com o pão....


Fim de semana: o pequeno almoço é tardio, prolongado, mais rico e diversificado. Já aqui falei nisso. As crianças pediram-me pãozinho quente. E a urgência pedia rapidez. Voltei a fazer esta receita que é muito boa. Fica um pão macio, fofo, com a caracteristica de brioche e...quentinho com compota de morango, queijo ou fiambre...ninguém lhes resiste.
Mas como podem ver, em vez de fazer em forma de bolo inglês, desta vez fiz em "doses individuais". Como me pediram pãezinhos...tinha que aparecer mais do que um...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Compota de frutos Silvestres

Andava, desde Fevereiro, uma caixa de frutos silvestres congelados na minha arca. Volta e não volta olhava para ela e pensava que fim lhe havia de dar. Esta semana passei novamente os olhos na caixa e decidi fazer uma compota. A minha filha M. gosta muito de compota de frutos silvestres, apesar de não ser muito dada a doces, mas de frutos silvestres, adora. E sempre é melhor comer caseira do que de compra.

Ingredientes:
400gr de frutos silvestres congelados
250gr de açúcar
1 pau de canela
1/2 colher de café de canela em pó
raspa de 1/4 de limão
sumo de meio limão

Levar os ingredientes num tacho ao lume e ir mexendo de vez em quando até fazer ponto estrada.Depois passar a compota com a varinha mágica e colocar num frasco esterilizado. Como era pouca a quantidade de frutos só deu para um frasquinho.  

Bom fim de semana!

Notícias da hortinha



Estou em dívida para com uma amiga da blogosfera em relação à minha horta biológica. Fiquei de mostrar a horta e tenho andado de dia para dia. É singela a minha horta.  Estão aqui algumas coisas (faltam o morangueiro, a salsa, os coentros e a hortelã). Devo dizer que os créditos desta agricultura não são meus. São do pai e das crianças. O  A. é que anda a ensinar-lhes como se faz e como se planta. Eu e os seres vivos de origem vegetal temos uma relação pouco próxima. Não é por mal nem é nada de pessoal...mas regá-los é mentira ou até mesmo vigiá-los. Para terem uma ideia, estou casada à 11 anos e temos algumas plantas dentro de casa e eu nunca as reguei! Sim ...é verdade...se não fosse o homem da casa bem que elas não teriam resistido ao 1º mês. Quanto às de exterior...pois essas então ...coitadas...se estivessem à minha espera para beber água...não sei porquê...mas é assim. Não há planta que resista nas minhas mãos. Mas incentivo ao cultivo destas coisas e as crianças gostam de andar a "jardinar" com o pai. Principalmente a regar! E são ao contrário da mãe: quase que as afogam se o pai não põe mão!Lá anda o M. com o seu regador e a M. com a mangueira. 
Pronto querida Moranguete, já saldei a minha dívida. 

Queijadas de limão

Eu sou muito de bolinhos. Mais do que de bolos. Daí este tipo de bolinhos, queijadinhas,beijinhos,etc saírem muitas vezes do meu forno. Tenho não sei quantas receitas deste género de doces, anotadas, para experimentar um dia....o dificil vai ser escolher. Então volta e meia lá vou eu aos meus apontamentos. Tento sempre apontar a fonte e estes sairam de uma teleculinária, com a diferença que estes são de limão e os da receita original eram de laranja.

Ingredientes:
1 limão
2 ovos
120gr de farinha
120gr de açúcar
 1 colher de sopa de fermento em pó(eu coloquei uma se sobremesa)
1.5dl de leite
60gr de manteiga derretida
caixinhas de papel

Comece por ligar o forno. Coloque no tabuleiro cerca de 12 forminhas de empada e dentro de cada uma uma caixinha de papel. Retire a raspa do limão e esprema-lhe o sumo. Numa tigela bata os ovos com o açúcar, junte a raspa e o sumo de limão, a farinha, o fermento e o leite em fio, batendo sempre. Adicione a manteiga derretidaa e bata mais um pouco. Divida a massa pelas caixinhas, sem encher demasiado. vai ao forno cerca de 15 a 20 minutos.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Quiche de bacalhau com legumes


Mais uma sugestão para um jantar de domingo para acompanhar uma sopa ou uma salada ou até mesmo para levar num pic nic (com este tempo já apetece). Ficou otima .

Ingredientes:
1 base de massa folhada fresca (eu prefiro quebrada mas no frigorífico só havia folhada)
1 embalagem de 400gr de bacalhau desfiado
100gr de bróculos (eu usei congelados)
1 alho francês
1 lata das pequenas de milho
1 cebola 
1 dente de alho
Azeite q.b.
sal q.b.
1 embalagem das pequenas de molho béchamel
pão ralado (opcional)

Começar por forrar uma tarteira de fundo amovível com a massa folhada e reservar.
Num tacho colocar o azeite, o alho e a cebola picados e deixar murchar. Acrescentar os legumes e o sal. Por fim o bacalhau e o molho béchamel. Deixar cozinhar todos os ingredientes cerca de 10 minutos em lume brando. Colocar a mistura por cima da massa folhada, alisar e polvilhar com pão ralado. Vai ao forno até tostar.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Bolo fresco de coco

Uma sugestão para quem gosta de coco e para quem gosta de bolos húmidos, inspirada aqui mas com ligeiras alterações, principalmente nas quantidades. Lá em casa  o coco e o chocolate não precisam de desculpa ir ao forno.

Ingredientes:
4 ovos
250gr de farinha
200gr de açúcar
100gr de manteiga derretida
100gr de coco
1 colher de chá de fermento em pó
10 colheres de sopa de leite

Calda:
1 chávena de açúcar (capacidade da chávena 220ml)
1 chávena e meia de leite
5 colheres de sopa de coco ralado

Bater as claras em castelo e reservar. Bater as gemas com o açúcar até ter um creme fofo e esbranquiçado. Adicionar a manteiga derretida, a farinha, o leite, o coco e o fermento, batendo sempre entre cada adição. Envolver por fim as claras e levar ao forno numa forma de buraco cerca de 30 minutos a 180º. 
Entretanto levar ao lume os ingredientes da calda e deixar ferver. 
Quando retirar o bolo do forno e ainda quente, regá-lo com a calda dentro da forma com cuidado de modo a que o bolo vá absorvendo tudo. Deixar arrefecer e desenformar. Se quiser polvilhar com coco.

Brioche para o lanche


Estou de volta depois de alguns dias de abandono "deste lar". O tempo parece não se decidir! Ora faz calor...mas sem sol...ora está um sol envergonhado e uma aragem caracteristica desta cidade à beira mar. Ficamos baralhados. No fim de semana foi assim..calor mas sem sol. Pensei em não ligar o forno, mas as crianças estão sempre à espera de um lanche diferente quando não há escola. Não quis desiludi-las.
Este brioche tinha-o "debaixo de olho" para uma destas oportunidades. Vi-o neste blog e agradou-me o aspecto. Não me enganei. Fica fofo e tal e qual um pão de "leite gigante".

Ingredientes:
150ml de leite
80gr de açucar
50gr de manteiga
1 pitada de sal
3 gemas
25gr de fermento de padeiro
400gr de farinha

Começa-se por aquecer o leite com a manteiga (eu usei o microondas). Verte-se para uma taça grande e junta-se o açucar e o sal. Com a ajuda dos dedos desfaz-se o fermento de padeiro para dentro da mistura. Depois usei a batedeira para envolver tudo. De seguida juntei as gemas préviamente batidas com um garfo. Voltei a bater. Por fim juntei a farinha  e usei a batedeira mas com as varas de massas.
Forrei uma forma de bolo inglês com papel vegetal e coloquei a massa lá dentro. Envolvi a forma num pano e depois num cobertor polar pequeno e deixei levedar cerca de 1h. Findo este tempo foi ao forno pré aquecido cerca de 20 minutos.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Batatas Salteadas

Não tem havido muito tempo para devaneios culinários. O fim de semana não foi por cá e esta semana pelas "minhas contas" também não andarei muito perdida pela cozinha.Já na semana passada assim foi. Mas prefiro  as rotinas porque temos uma sensação de segurança.
No entanto deixo estas batatinhas, que como já devem ter reparado, batatas são o acompanhamento que menos me agrada. Então se estivermos a falar de batatas cozidas...tenho mesmo que dar a volta à questão. E tenho seguidores aqui em casa.

Ingredientes:(para 4 pessoas)

10 a 15 batatas pequenas
3 dentes de alho
azeite
sal
1 folha de louro

Cozer as batatas com a pele depois de bem lavadas em água e sal -  se me permitem a comparação - "al dente", quer isto dizer, sem deixar que elas    cozam em demasia.Escorrer e deixar arrefecer. Quando achar possivel (sem que se queime, portanto)retirar a pele e reservar.
Num tacho, colocar o azeite, o alho inteiro esmagado e a folha de louro. Quando o azeeite fervilhar colocar as batatas. Retificar de sal. não use muito a colher de pau para mexer as batatas pois pode correr o risco de elas começarem a desfazer um bocadinho daqui outro dali. Use o truque de abanar o tacho e de lhes dar apenas uma ou duas voltinhas com o garfo de madeira.

Sorteio "Os dias da Nossa Vida"

Hoje não trago uma receita. Trago um incentivo a uma "amiga da blogosfera". Trata-se do blog Os Dias das Nossa Vida.
O objetivo é chegar aos 200 seguidores. Passem por lá e espreitem. Não se vão arrepender!


quinta-feira, 3 de maio de 2012

Nuggetts de peito de frango...receita da Nigella

As carnes brancas são sempre a minha primeira opção. Estes nuggetts são um espelho disso. Já os tinha visto  no programa da Nigella e ainda na altura pensei em confeccioná-los. Só na semana passada me voltei a lembrar deles. Como tinha comprado peito de frango resolvi fazer como me lembrava, mais ou menos, como tinha visto no programa da Nigella. (Já foi à algum tempo!!!) 

Ingredientes:
4 peitos de frango
10 bolachas de água e sal (eu usei 2 pacotes daqueles individuais)
1 iogurte natural (não açucarado)
sal
alho picado 
1 limão(sumo e raspa de 1 limão)

Antes de os temperar cortá-los em bifes finos e pequenos. Começar por temperar, algum tempo antes, os peitos de frango com alho, sumo e raspa de limão e iogurte natural.Envolver bem e reservar no frigorífico durante umas horas. Antes de os cozinhar, temperar com sal e passá-los pelas bolachas previamente partidas grosseiramente (ou se preferirem usem a picadora) e colocá-los num tabuleiro forrado com papel vegetal . Levar ao forno até estarem dourados.