quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Uma sugestão para o feriado


Uma sugestões para começarem o feriado com um pequeno almoço nutritivo e saudável. Aproveitarem a pausa a meio da semana- que sabe lindamente- e prolongarem a estadia à mesa logo pela manhã, contrariando a habitual "correria" da semana e transformem o pequeno almoço num brunch, com uma mesa que alimente  os olhos, o espírito e a alma. Uns pãezinhos de leite, uns sconnes  com manteiga ou com compota , um pão de forma de brioche e porque não um bolinho rápido, este ou este. Por fim,  a minha sugestão passa também, por incluir nessa mesa, este muesli num iogurte.  


Ingredientes:
250g de flocos de aveia integrais grossos
100g  de coco ralado
100g de avelãs
150g de amêndoa laminada
40 a 50g de açúcar amarelo
100 ml de água
1 colher de chá de canela
50 ml óleo vegetal
flor de sal q.b.
1 colher de chá de extrato de baunilha
100g de sultanas

Num recipiente misturar os ingredientes secos, com exceção das sultanas e da flor de sal. Noutro recipiente os líquidos, a água, o óleo, a baunilha e a flor de sal. Junte os secos com os líquidos e envolva bem.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e espalhe o muesli. Leve ao forno até estar tostado, mexendo e misturando volta e meia para não deixar queimar. Deixe tostar até o muesli estar solto e seco. Retire e deixe arrefecer. Quando o muesli já estiver frio/ arrefecido juntar as sultanas e envolver para misturar . 
Depois é só guardar num frasco bem fechado .



terça-feira, 30 de outubro de 2012

Folares

Ainda em maré de desejos, primeiro foi o filho com o salame depois o pai com os folares. Dias a falar do mesmo! Volta e não volta, lá vinha: "Nunca mais fizeste folares! São tão bons! Quentinhos e com manteiga!" E pronto...Tantas vezes ouvi, que no fim de semana transformei os desejos em realidade.



Fui buscar a celebre e infalível receita e foi pôr mãos à obra! É engraçado que esta receita, já a fiz tantas vezes, e nunca sei, quando começo a fazê-los, quantos folares me irá render. Desta vez por exemplo, deu-me para fazer 3 grandes. Deve ter a ver com o tempo que estão a levedar,com a temperatura ambiente em que levedam, com  a farinha que uso, que nem sempre é a mesma, com o grau de humidade relativa, não sei. O que eu sei é que dando muito ou dando pouco...são sempre muuuuito bons.

Salame de chocolate



Um doce básico da cozinha portuguesa. Fiz no fim de semana, com a ajuda do meu filho que adora chocolate e que durante a semana me tinha pedido para fazer salame. Deve andar de desejos, pensei eu! Lá fomos nós para a cozinha no domingo ao final da tarde, satisfazer o seu singelo desejo.

Ingredientes:
200g de bolacha Maria (1 pacote inteiro)
100gr de manteiga derretida
125g de chocolate em pó
80g a 100gr de açúcar

Começar por partir as bolachas. Fizemos assim: Retirámos as bolachas para um saco transparente novo, daqueles de congelação, e fechámos o saco. Com as mãos fomos partindo até ficarem pequenos bocadinhos.
Em seguida colocámos numa taça. Juntámos a manteiga derretida, o chocolate em pó e o açúcar. Mexe-se com uma colher de pau até estar todo bem envolvido. 
Verte-se este preparado para cima de uma folha de alumínio e vai-se enrolando de maneira a fazer um rolo. Vai ao frigorífico pelo menos uma hora. 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Suflê de pescada



Faço este suflê muitas vezes mas com bacalhau. Desta vez fiz com pescada porque tinha descongelado pescada para cozer mas, outro jantar se proporcionou e eu tive que dar uma solução à dita pescada. Optei por um prato igualmente leve, que acompanha muito bem com uma sopa e uma salada.

Ingredientes:
4 postas de pescada (já cozidas)
2 colheres de sopa de farinha
3 ovos grandes ou 4 pequenos
 400ml de leite
sal
azeite
alho picado
1 folha de louro

Num tacho, forrar o fundo generosamente com azeite.Juntar o alho e a folha de louro. Adicionar a farinha e  o leite mexendo sempre até engrossar (se fizer grumos...já sabe...varinha mágica e já está). Retirar do lume,  juntar o peixe em lascas e as gemas continuando a mexer (mas já fora do lume). Por ultimo envolver as clara batidas em castelo.
Optei por colocar em ramekins, uma vez que eram doses individuais, mas já tenho feito num pirex redondo, numa única dose. Fica ao critério de cada um.
Vai ao forno até estar tostado e com aquele aspeto de suflê. Espreitar de fora pelo vidro do forno. Não cair na tentação de abrir a porta senão lá vai o suflê.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Licor de Hortelã



Mais uma sugestão...não tão vulgar mas igualmente saborosa para os apreciadores destas bebidas adocicadas. Confesso que quando o meu marido me disse que ia fazer licor de hortelã, eu "torci um bocadinho o nariz". Achava que a hortelã, pelo seu travo tão acre, não ia conseguir dar aquele aroma doce e licoroso ao licor. Mas não podia estar mais enganada. Muito bom. 

Ingredientes:
1 litro de aguardente 
1 molho ( +- grande) de hortelã
1,5l água
800gr de açucar

Colocar a aguardente e a hortelã num recipiente fechado durante 1 mês. De vez em quando, pelo menos 3 vezes por semana, agitar o dito recipiente.
No fim desse mês, fazer um ponto pérola com o açúcar e a água. Deixar arrefecer e juntar à mistura da hortelã com a aguardente. Deixar estar pelo menos mais um mês, agitando várias vezes por semana.
Depois destes 2 meses, é só engarrafar. 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Licor de leite


Mais um dos tantos que se vão fazendo lá por casa. Já provámos este e ficou "aprovadíssimo". Foi-nos dada a receita num jantar de amigos em casa dos M., quando se falava exactamente sobre licores caseiros.
Assim sendo, aqui fica mais uma sugestão para o natal que se aproxima a passos largos.

Ingredientes:

1 litro de aguardente (de preferencia caseira)
1 litro de leite gordo
750gr de açúcar amarelo
raspas de chocolate negro (70% cacau)

Colocar todos os ingredientes dentro de um recipiente fechado (nós usamos garrafões de água vazios) e agitar todos os dias durante o primeiro mês. O garrafão deve ficar num sítio escuro ou pelo menos longe da luz solar. No fim de pelo menos um mês, filtrar para uma garrafa de vidro. A garrafa deve fechar bem, de preferência com uma rolha de rosca, pois neste licor pode haver a necessidade de agitar de vez em quando. Experimentem...que vão gostar!


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Bruschetta de tomate e salsicha


As bruschettas, segundo sei, são de origem italiana. São um antepasto,  feito à base de pão com azeite e alho e quase sempre, com tomate também.  (ou não estaríamos a falar de cozinha italiana).
As minhas não são exceção. Foram a nossa  comida de conforto, no fim de semana, que tiveram como companhia, um belo creme de legumes cheio de vitaminas.

Bruschettas de tomate e salsicha

Ingredientes:

2 fatias de pão saloio (compacto, isto é, não deve ser daquele que se esfarela)
Azeite q.b.
oregãos secos
1 tomate cortado às rodelas fininhas
6 salsichas
Queijo fatiado

Começar por ligar o forno, para ir aquecendo. Forrar um tabuleiro com papel vegetal e dispor as duas fatias de pão. Pincelá-las abundantemente com azeite e polvilhar com oregãos. Colocar por cima o tomate fininho. Abrir as salsichas ao meio na vertical e dispor em cima do tomate. Por fim cortar o queijo aos quadradinhos e colocar por cima. Vai ao forno até estar tostado. Bon appetit!!


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Um cheirinho a natal...


Um destes dias, o meu filho pediu-me para fazer bolachinhas. E aí fomos nós para a cozinha. Quando a massa ficou pronta e enquanto eu a colocava no frigorífico, ele foi buscar as forminhas com os moldes das bolachas. Mas só trouxe as de natal. Disse-me que queria fazer as bolachinhas de natal porque já estava a ficar frio e por isso o natal devia estar a chegar! Bom...bolachinhas são bolachinhas...com natal ou sem natal!

Ingredientes: (Adaptado da "cozinha para quem quer poupar" da Mafalda Pinto Leite, pág. 172)
180gr de manteiga à temperatura ambiente
1 chávena de açúcar em pó
raspa de 1 laranja
2 ovos
3 chávenas de farinha

Começar por bater a manteiga com os ovos e a raspa de laranja. Quando tivermos um creme homogéneo, envolver a farinha e o açúcar. Fazer uma bola com a massa, envolvê-la em película aderente e levar ao frigorífico durante 30 minutos.
Estender a massa com um rolo e cortá-la com as formas desejadas. Levar ao forno até estarem douradas.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Rescaldo do fim de semana

O fim de semana foi passado por casa. Entre algumas aventuras destaco as que foram partilhadas com os  meus filhos. Começamos por estas bolachas retiradas daqui. Ficam muito boas e o melhor é que não levam muito tempo a fazer. E com a ajuda dos pequenos ajudantes...só podia ser bom o resultado.
Achei a sua história da sua origem engraçada e resolvi pôr mãos à obra.

Biscoitos de ANZAC



  Para estes croissants aproveitei uma base de massa quebrada que tinha descongelado para outros fins. Nada mais fácil e mais rápido. Ideal para um lanche improvisado. 

Ingredientes:
1 base de massa quebrada fresca 
Fiambre
Queijo
Gema de ovo para pincelar
Sementes de sésamo para polvilhar

Esticar a massa (a minha era redonda) e cortá-la em 8 triângulos iguais.Distribuir por cima o queijo e o fiambre. Enrolar, da parte mais larga para a mais estreita. Pincelar com gema de ovo e salpicar com sementes de sésamo.
Vai ao forno a 180º até alourarem.

 Mini croissants de fiambre e queijo






terça-feira, 9 de outubro de 2012

Para acabar...o resumo da festa



     As festas de aniversário infantis acabam sempre por ter uma ementa cíclica  Mais coisa menos coisa...mas dentro do mesmo género. Depois variam as quantidades consoante o número de crianças e de adultos. 
       Esta festa, não tendo sido  feita em casa - pois para crianças com 10 anos não aconselho a fazer dentro de casa, a menos que estejamos a precisar de mudar a mobília, trocar os sofás, pintar as paredes, afagar e envernizar o chão, enfim...- resultou muito bem, pois o dia esteve de verão, eles brincaram que se fartaram, "depenaram" uma árvore de dióspiros que estava ali "à mão" (coitada!!) e como só  o lanche estava "in doors", de vez em quando, vinham aquelas "revoadas" de crianças, devoravam o que estava em cima da mesa e cabia a nós adultos voltar a repor depois da "tempestade" passar!

Mesa de doces
(Mousse de chocolate, pipocas, bolo de noz, doce de chantilly,  ananás e pudim de caramelo)
Mesa do bolo de aniversário
(Ainda sem o bolo!!!)
Mesa de doces
(as gelatinas, as trufas de oreo e o bolo de chocolate)
Mesa de salgados
(As pizzas, a quiche de atum os patés, as batatas fritas)
Ainda a mesa de salgados
(os cachorros quentes - que também "voaram" - e a sapateira)


Caixinhas de ovo


Isto é o tipo de aperitivo que "voa" nos primeiros instantes; isto e as pizzas. Os miúdos acham graça e comem. Além de tudo...também é muito saboroso e nutritivo. A receita está aqui, pois é algo que faço algumas vezes mesmo sem ser em aniversários. A receita original penso que é da Mafalda Pinto Leite, no entanto o recheio permite um grande número de variações.

sábado, 6 de outubro de 2012

Trufas de Oreo

Numa pesquisa pela net dei com estas "bolinhas". Bem...não eram bem assim porque ainda levavam cobertura, umas de chocolate branco outras de chocolate de leite,...
Mas eu optei por não colocar cobertura. já havia chocolate suficiente na festa!
 
Ingredientes:
1 pacote de bolachas oreo
200gr de queijo filadélfia (ou outro queijo creme à escolha)
 
Começar por picar as bolachas. Misturá-las com o queijo creme, envolvendo bem os dois ingredientes. Colocar esta mistura no frigorifico pelo menos uma hora. Depois é só moldar as bolinhas.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Bolo de chocolate com cobertura de chocolate branco


Não...não emigrei! Algumas leitoras mais assíduas já se devem ter interrogado a propósito da minha ausência. Pois bem...a juntar a uma avaria técnica do computador, ainda temos o dia a dia que às vezes não nos deixa o espaço que nós gostariamos de ter para estas coisas que até nos dão prazer. Durante esta ausência, coisas boas aconteceram e coisas menos boas também...infelizmente. Mas é a vida. Das coisas boas tenho que salientar o aniversário da minha princesa. Teve uma festa cheia de amigos e amigas, muita brincadeira, muita agitação e claro um merecido lanche!
Começo por este bolo que, além de ser de chocolate (como diz uma amiga " festa de aniversário sem bolo de chocolate não é festa!), é engraçado aos olhos dos pequenos e graudos. Nada mais simples.

Bolo:
5 ovos
100gr de manteiga
180gr de chocolate negro em barra
100gr de farinha
180gr de açucar

Derrete-se a manteiga com o chocolate no microondas. Batem-se os ovos com a farinha e o açucar. Junta-se o chocolate ja derretido com a manteiga. Depois de tudo bem ligado verter para um pirex redondo e levar ao microondas durante aproximadamente 6 minutos. Não devem programar logo os 6 minutos; devem começar por 3 minutos e ir vendo.
Quando pronto retira-se e deixa-se arrefecer ainda no pirex. Entretanto prepara-se a cobertura.

Cobertura:
180gr de chocolate branco para culinária
100ml de natas

Partir o chocolate aos bocadinhos e levar a derreter em banho maria até fazer um creme homogéneo. Retirar do lume e deixar arrrefecer. Depois de frio ou pelo menos já morno, juntar as natas (diretamente do pacote, sem as bater) aos poucos e ir incorporando até o creme ficar com uma textura cremosa.
Desenformar o bolo e verter o creme branco para cima do mesmo. Decorar com maltesers.